Tags

, , , , , , , , ,

A melhor maneira de começar a trabalhar por um objetivo é, em primeiro lugar, definir exatamente o que se quer realizar. O próximo passo é identificar o que precisa ser feito, dividindo o projeto em partes, tarefas ou parcelas.

Se conseguirmos determinar um responsável por cada tarefa e um prazo para concluí-la, perfeito, pois, teremos um cronograma para cada uma das etapas.

Como isso pode nos ajudar no Escotismo? Ou melhor, como o Escotismo pode ajudar os seus membros juvenis em seus projetos?

Para que as crianças e jovens possam iniciar e concluir seus projetos, sejam eles de vida, das férias, do acampamento, de construção de uma pioneiria no próximo acampamento, para realizar intercâmbio estudantil, (nossa, poderíamos colocar inúmeros exemplos)… elas devem ser orientadas, desde cedo, a colocar seus projetos na prancheta, para ter idéia de como irão desenvolvê-lo.

É preciso aprender a planejar!

Como Escotistas e educadores, nossa obrigação é proporcionar que os projetos sejam pensados, planejados, organizados e realizados diretamente pelas crianças e jovens. Devemos iniciar na Alcatéia e parar… opa, é melhor não parar de planejar nunca!

Basta lembrar que o propósito do Movimento Escoteiro  é contribuir para que os
jovens assumam seu próprio desenvolvimento e vamos descobrir a importância de um projeto.

Portanto, devemos estar preparados para orientar nossas crianças e jovens a considerar todas as alternativas e opções de escolha, definir quais os rumos que podem tomar, fixar um prazo para a conclusão e, ao final, avaliar, até para saber se o objetivo foi alcançado,  se é possível iniciar uma nova etapa ou um novo projeto.

Quando precisam de orientação, devem estar próximos dos pais, irmãos mais velhos, professores, Monitores ou Escotistas. Estes devem ser os marcos de referência ao longo desta jornada.

Existe um velho ditado que diz: Quem  não  sabe  onde  quer  chegar,  chegará  a
lugar nenhum.

Como o Escotismo é uma fonte de EDUCAÇÃO PARA A VIDA, não podemos deixar que os membros juvenis deixem de agir por falta de um Norte. E este Norte é muito mais fácil de ser identificado com um projeto.

Anúncios