Tags

, , , ,

Assim como muitos de vocês, também fui assisitr ao filme ‘O Discurso do Rei’. Muito interessante o roteiro que descreve a assunção ao trono do rei George VI e os diversos problemas pelos quais passou por ser gago.

Dei-me conta, enquanto ainda estava na poltrona do cinema, que aquilo que os irmãos e o próprio pai faziam com ele, modernamente, passou a ser chamado de Bullying (que se refere a todas as formas de atitudes agressivas, intencionais e repetidas, que ocorrem sem motivação evidente, adotadas por um indivíduo ou um grupo de pessoas contra outro ou outros).

A par do Bullying, a história enfatiza a superação pessoal, depois de inúmeras tentativas e desistências com renomados médicos. A superaçåo deu-se com o apoio do australiano Lionel Logue, terapeuta da fala com métodos pouco ortodoxos e sem treinamento formal.

Então você deve estar perguntando o que isso tem a ver com o Escotismo? E vai dizer, seguramente, já sei, este texto vai tratar de Bullying.

Na verdade, quero debater contigo sobre a atitude do Sr. Lionel Logue, que manteve uma vida simples, dedicada a ajudar o próximo, com a condição única, para tratamento, de que este quisesse ser ajudado.

O filme não mostra, mas tenho certeza de que o Sr. Logue foi escoteiro, antes de tornar-se terapeuta e amigo do rei. E digo isto em razão da simplicidade dos seus atos, do sentimento de carinho que tinha com seus pacientes, da dedicação, da quase voluntariedade dos seus serviços (o filme enfatiza que cobrava muito pouco ou quase nada de seus pacientes).

Digo mais, o Sr. Logue, ao meu ver, demonstrou ter palavra, ser leal, cortês, disciplinado, econômico, sorrindo nas dificuldades e limpo de corpo e alma. Seu método de trabalho privilegiava que seus pacientes aprendessem-fazendo como melhorar suas dificuldades, o atendimento era pessoal e com orientação individual, as atividades terapêuticas com os pacientes eram atraentes, progressivas e variadas. Ah, tudo isso em Londres!

E vocês vão dizer que o Sr. Logue transformou o príncipe Albert num rei, certo?

Errado!

O Sr. Lionel Logue foi uma ferramenta importante na transformação do gago, inseguro e mal educado Albert numa pessoa de bem, autoconfiante, educado, ou seja, num verdadeiro cidadão e num grande líder de sua nação.

De certa forma, cada Escotista, por ser um educador, tem o dever de se constituir numa ferramenta semelhante para as crianças e jovens, beneficiários do Movimento Escoteiro. Para isso, usam um método semelhante ao do Sr. Lionel Logue, porém mais completo, aquele pensado e repensado por nosso fundador Baden-Powell, testado e retestado em mais de cem anos de uma instituição sólida, com valores determinados e objetivos palpáveis.

Ao final do filme tive certeza de ver o Sr. Logue trocando a moeda de bolso e quase lhe bradei: Sempre Alerta!

Anúncios