Tags

, , , , , , , , , , , , ,

A palavra ecologia foi criada pelo médico e zoólogo alemão Ernst Haeckel, para desginar “a ciência que estuda a casa”. Porém, a divulgação do termo, como conhecemos hoje, deu-se com o livro A origem das espécies de Charles Darwin.

Quando Baden-Powell publicou o livro Escotismo para Rapazes, uma das mensagens que deixou muito clara é aquela que diz que todo Escoteiro deve trabalhar fortemente para a preservação do meio em que vive (o que podemos entender, extensivamente, como casa).

Com o tema “Parques, praças e áreas verdes: abrace esse espaço!” a União dos Escoteiros do Brasil realizou, nos dias 4 e 5 de Junho de 2011, a 20ª edição do Mutirão Nacional Escoteiro de Ação Ecológica.

Como vimos, o termo ecologia surgiu nos idos de 1860 e o Movimento Escoteiro, como todos sabemos, foi fundado em 1907.

Será que ainda hoje os Escoteiros precisam ser agentes na preservação do meio-ambiente? Será que depois de 20 anos adianta continuarmos fazendo o MUTECO?

Me atrevo a dizer, quanto ao Mutirão Ecológico, que se durante todo o ano ficamos somente com essa atividade, ela não é mais necessária.

Devemos nos dar conta de que não podemos “obrigar” as crianças e jovens a participar daquilo com o que não estão acostumados, com um tema que não ouvem falar no Grupo Escoteiro e com o qual não têm afinidade.

Por mais que seja radical, devemos esquecer que, desde nossa fundação, somos vistos por toda a sociedade como defensores e guardiães do meio ambiente (Como disse B-P no Escotismo para Rapazes, somos conhecidos como aqueles que deixam no local de acampamento apenas duas coisas: 1) nada; 2) Os seus agradecimentos ao proprietário do terreno).

Entretanto, se o Mutirão Nacional Escoteiro de Ação Ecológica é mais uma das atividades realizadas pelo Grupo Escoteiro; se as crianças e jovens estão acostumadas com campanhas ecológicas; se estão realmente empenhadas na preservação da sua cidade (como o meio-ambiente/casa em que vivem); se conseguem congregar pais e familiares em prol do futuro sustentável do planeta; se inibem ativamente aqueles que jogam papel, garrafas ou qualquer coisa fora da lixeira; se separam o lixo reciclável em casa, bom, aí estamos fazendo a coisa certa.

Para quem consegue trabalhar no dia-a-dia escoteiro das crianças e jovens estes valores, o MUTECO é uma atividade que vem para coroar de êxito o restante do trabalho do ano. E, mais do que isso, é a semente da mudança de mentalidade plantada no solo fértil das nossas crianças e jovens do Movimento Escoteiro.

Não tive a honra de participar da criação conceitual do MUTECO, mas se me perguntarem, posso afirmar, categoricamente, que este era o objetivo, ou seja, que anualmente, próximo do Dia Mundial do Meio Ambiente, todo o Movimento Escoteiro Brasileiro tivesse sua atividade focada para este grande (por que não dizer grandioso) evento.

Claro que para alguns, o MUTECO é o começo. Mas para muitos, tem sido mais uma das atividades especiais, com as quais temos certezas de estar cumprindo nosso papel, como Escoteiros, e contribuindo para nossa boa imagem em prol do Meio Ambiente.

Se querem saber, acho que cada um de nós está fazendo a sua parte. Então, se me perguntarem se devemos participar do próximo Mutirão Nacional Escoteiro de Ação Ecológica, minha resposta será: SIM!

Anúncios