Este era o momento especial da viagem, nossa chegada ao acampamento, em Rinkaby – Suécia, em 25 de julho.

Passamos por dois check-ins diferentes para entrar no campo e, para minha surpresa, muitas credenciais não estavam prontas, dentre elas, a minha. Recebi um cartão provisório e, sem saber no que iria trabalhar, teria que trocá-lo no final do dia.

Até encontrar um dos locais designados para os brasileiros, caminhamos bastante pelo campo Spring (designado para os IST). Como estávamos nos  primeiros ônibus que partiram de Copenhagen o campo ainda estava bem vazio. Com o passar do dia as barracas começaram a “brotar” de todos os lados.

Saí para buscar minha ID card e quando voltei haviam dois locais destinados aos IST, antes vazios, repletos de barracas. Um deles, ocupado pela delegação da Itália, outro pela Áustria.

Quando peguei minha ID card recebi a informação de que trabalharia na Administration, o que me causou uma certa apreensão, pois, imaginei que teria um trabalho burocrático, com formulários, dados, documentos, etc. Entretanto, na reunião do dia seguinte (26/jul) tive a grata surpresa de saber que estou locado no Organization One World.

Isso significa que nosso trabalho será com os jovens carentes que vieram ao Jamboree com o patrocínio de empresas, organizações e com parte da cota dos demais países. Além disso, eles receberão um kit completo de acampamento, os quais montamos após sabermos qual seria nossa tarefa. Todo material de boa qualidade, da mesma marca que é vendida aos participantes: mochila, saco de dormir, isolante térmico, kit individual para refeição, jaqueta, fleece, touca e luva.

São, ao todo, 250 jovens de vários países e seremos os responsáveis por ajudá-los nos primeiros dias, afinal, as patrulhas serão formadas por 9 jovens e 1 adulto que não se conhecem e que, muitas vezes, provém de culturas diferentes.

Voltando a falar sobre o nosso campo, estamos próximos dos escoteiros de Uganda que vieram para a Suécia de bicicleta. Atravessaram parte da África e toda a Europa pedalando.

Claro que este foi o primeiro distintivo que consegui trocar.

No turno da tarde (26/Jul), tivemos algumas atividades com a patrulha IST (sim, o Service Team também tem patrulha), sendo que, destas atividades, algumas somam pontos para conseguir o IST Experience Badge. Em razão disto, circulamos por quase todo o campo, inclusive pelos locais onde, no dia 27/jul, estarão as barracas dos jovens.

Continuaremos postando informações e fotos do Jamboree Mundial da Suécia, com a frequência que for possível.

Anúncios