Tags

, , , , , , , , , , , , , , , ,

Dia destes estava relendo partes do livro Caminho para o sucesso, que Baden-Powell escreveu para auxiliar o Ramo Pioneiro, que havia sido criado pouco tempo antes.

Uma passagem deste livro que é sempre interessante, atual e comporta bastante reflexão é a que diz que O sucesso ou o fracasso dependem em grande parte dos seus esforços pessoais.

Dificilmente encontraremos alguém que discorde desta afirmação. Tomando por base o que nos disse o Fundador, podemos concluir que, na maioria das vezes, quem define nosso sucesso ou fracasso somos nós mesmos.

Esta máxima vale para o Escotismo, vale para nossa vida pessoal e para nossa atividade profissional.

No final de semana passada tivemos um evento escoteiro bem interessante, diferente e inovador – apesar de antigo ou como alguns poderia até dizer ultrapassado. Organizamos uma competição de carrinhos de rolimã – inspirados no sucesso do G. E. Bororós na realização deste tipo de evento. Dela participaram lobinhos, escoteiros, seniores, escotistas e muitos pais.

A previsão do tempo, durante toda a semana, era de chuva para o final de semana, com maior intensidade no domingo. Isto acabou se confirmando e amanheceu com uma chuva intensa. As primeiras ligações da manhã eram apreensivas e questionadoras: como iríamos fazer uma corrida de carrinhos de rolimã na chuva?

A resposta veio quando as crianças e jovens começaram a se preparar, a fazer as primeiras descidas de “aquecimento” e a mostrar para todos nós que era possível nos divertirmos numa boa atividade escoteira, mesmo com chuva.

Todas as baterias foram empolgantes. Todas as descidas foram divertidas, mesmo com a perda de algumas rolimãs pelo caminho. Os consertos de última hora serviram para demonstrar que o apoio dos pais era fundamental. Os escotistas estavam mais do que empenhados nas suas tarefas. Eles tinham a certeza de que aquela manhã de domingo seria marcante para todas as crianças e jovens envolvidos.

Se tivemos sucesso ou fracasso nesta atividade, não sei, pois, como nos ensinou B-P dependem do esforço pessoal de cada um. O certo é que no próximo anos vamos repetir a dose, com ou sem chuva.

Anúncios