Segurança em atividades externas

Muitas vezes pais dos escoteiros questionam sobre a segurança da atividade, se vai ter atividade aquática, escalada, rapel e se o local é seguro. Esta também deve ser a preocupação de todo escotista ao organizar uma atividade, seja ela, um passeio, acampamento ou até mesmo uma atividade na sede.
Acidentes podem ser evitados e de maneira simples na maioria das vezes. Num acampamento, por exemplo, o jovem pode sofrer a queda de uma árvore e se machucar leve ou gravemente. Isso poderia ser evitado se ele fosse instruído a não subir na árvore.
Cada detalhe deve ser observado pelo chefe, seguindo alguns pontos principais antes de programar uma atividade.

Para um passeio ou acampamento:

  1. Como será o transporte? Este é seguro? Quais medidas devem ser tomadas para garantir a segurança?
  2. O local a ser visitado tem segurança? Que tipo de acesso e segurança o local fornece?
  3. O que podemos encontrar lá (rio, açude, animais, estradas, etc.)?
  4. Existe acesso a serviços de emergência? Em caso de emergência é possível comunicar a estes serviços?
  5. Quais cuidados a mais devemos ter para garantir a seguranç

Cuidados específicos para acampamentos, além dos citados acima:

  1. Terá atividade com algum risco, como rapel, escalada, aquáticas, hipismo, etc.?
  2. Quais cuidados devemos ter nestas atividades?
  3. O acampamento está em local seguro de queda de árvores, inundação, raios, incêndio, animais, roubo, etc.?
  4. O local permite fogo de chão? Quais cuidados com o fogo? Que medidas devem ser tomadas em caso de emergências?
  5. O uso de material de sapa (facão, machadinha, pá, etc.) será autorizado somente a quem tem devido treinamento, respeitando os cuidados necessários?
  6. Os cuidados com o gás do fogareiro e dos lampiões estão sendo tomados?

Faça esse check-list e os riscos serão minimizados a quase zero, também se lembre de ter uma caixa de primeiros socorros, telefones de emergência e dos responsáveis pelo local, um carro de apoio é interessante também.
O chefe deve conhecer o local da atividade e orientar os jovens dos riscos encontrados neste, do que é permitido e o que é proibido. Deixando claro que a segurança deve estar em primeiro lugar sempre. Os mais jovens devem ser sempre supervisionados de perto independente da atividade, pois os mais serelepes podem a qualquer momento estar em cima de uma árvore, mexendo no fogo, com o facão ou se afastar demais do grupo e acabar se perdendo. Mantenha sempre os olhos bem abertos com estes.
Algumas dicas de segurança, se seguidas a risco podem assegurar uma ótima atividades:

  • Tenha em mãos a ficha médica de todos sempre que for para uma atividade externa;
  • Ter sempre mais de um chefe acompanhando e pelo menos um deles possuir treinamento em primeiros socorros;
  • Em um passeio mantenham-se sempre juntos e faça contagens regulares, evite distrações e locais potencialmente perigosos;
  • No acampamento, fogo de chão e fogareiros acesos devem ser sempre supervisionados;
  • Material de sapa deve ficar isolado, ser transportado na bainha e seu uso feito somente por quem têm treinamento;
  • Atividades na água devem ter um cuidado especial, evitar pontos com correnteza e nível acima da cintura do menor do grupo e ter sempre alguém que saiba nadar supervisionando evitando atitudes inseguras, procure demarcar o local;
  • Em atividades com exposição ao sol, todos devem se hidratar, usar protetor solar, evitar longos períodos e evitar se expor nos períodos de sol a pino (11h às 14h);
  • No caso de jornadas a pé, mantenham-se todos em fila seguindo o sentido da via, com um chefe a frente e outro na retaguarda fechando a fila;
  • Inspecione o local do acampamento ou acantonamento previamente, garanta que o local esta seguro para acomodações;
  • Se algum local representa perigo em potencial e este não pode ser evitado, deve ser demarcado e todos instruídos a evitar o acesso;
  • Rondas podem ser necessárias nas noites de acampamentos, a fim de evitar acesso de pessoas e animais ao local.

Agora se mesmo com estes cuidados, ocorrer alguma emergência, independente da gravidade, primeiramente informe mais alguém e instrua-o a pedir ajuda e, se for o caso, ligar para os números de emergência.
É extremamente importante manter a calma e passar a calma aos demais presentes. Após isso tome as atitudes necessárias para cada caso. Não omita ajuda, mas também não aumente os riscos bancando “herói”, pois indiferente do que ocorreu o importante ainda é garantir a sua integridade física e dos demais.
Os escotistas dedicando um tempo à segurança e dando a atenção necessária é fácil termos uma boa atividade em que todos retornarão para suas casas apenas com boas lembranças. Afinal são ao ar livre que se desenvolvem as melhores atividades.

Anúncios