Tags

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Estamos chegando naquela época do ano que todos os Lobinhos, Escoteiros, Seniores e Pioneiros estão ansiosos para colocar em prática seus conhecimentos sobre preservação do meio ambiente e de como transformar teoria em prática.

XXI MUTIRÃO NACIONAL ESCOTEIRO DE AÇÃO ECOLÓGICA tem como fundo de cena um marco histórico, que mudou, sob vários aspectos a conscientização global e dos chefes de Estado, e que comemora 20 anos em 2012: a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento.

Mesmo com esse nome oficial pomposo, todos já ouviram falar do grande evento para debate ambiental, realizado entre os dias 3 a 14 de junho de 1992, na cidade do Rio de Janeiro, e que ficou mundialmente conhecida como ECO’92 ou Rio’92.

A Rio’92 colocou em discussão problemas relativos ao meio ambiente e que as nações desenvolvidas evitavam discutir. Durante os dias da Conferência, muito progresso adveio dos grandes debates e, por isso, até hoje a Rio’92 continua sendo referência em meio ambiente em nível mundial.

As Organizações não-governamentais (ONGs) realizaram, de forma paralela ao evento oficial, um Fórum, que culminou com a aprovação da Declaração da Carta da Terra. Conforme este documento os países ricos têm maior responsabilidade na preservação do planeta.

Duas convenções importantes foram aprovadas durante a ECO’92: uma sobre biodiversidade e a outra sobre mudanças climáticas. Outro resultado de fundamental importância foi a assinatura da Agenda 21 um plano de ações com metas para melhoria do meio ambiente.

Para termos ideia dos resultados da Conferência, o aprofundamento das discussões na Rio’92 da Convenção sobre Mudanças Climáticas resultou, cinco anos depois, na elaboração do Protocolo de Kyoto, que objetiva a redução de gases causadores do efeito estufa em nível mundial.

Pois, passados 20 anos, o Brasil entra, uma vez mais, no cenário mundial do meio ambiente e da sua conservação e o Movimento Escoteiro não se furta do seu papel, buscando criar um Escotismo Sustentável: Um escotismo que não degrada o meio ambiente em suas atividades, prima pela educação ambiental de seus membros e participa das iniciativas conservacionistas da sua comunidade (nas palavras do Grupo de Trabalho de Sustentabilidade da REDE AMBIENTAL ESCOTEIRA – RAE).

Justamente a REDE AMBIENTAL ESCOTEIRA – RAE que está nos preparando para os
importantes debates que acontecerão no Rio de Janeiro, durante a RIO + 20, na qual o Movimento Escoteiro Brasileiro tem sua participação confirmada, ao mesmo tempo, trabalha na popularização da nova Insígnia Mundial de Meio Ambiente – IMMA, cujas normas serão publicadas na nova edição do P.O.R., e cujo Guia de Atividades, construído através de contribuições encaminhadas por escotistas de todo o país à RAE, já está em sua 3ª Edição.

Como cidadãos responsáveis e preocupados em deixar o mundo um pouco melhor do que o encontramos, faremos do MUTECO de 2012 um grande marco conservacionista para o Escotismo Brasileiro realmente sustentável.

Eu sei o que vocês fizeram no MUTECO passado, mas: o que será feito este ano para marcar a presença dos Escoteiros na Rio + 20?

O programa está disponível na página dos Escoteiros do Brasil. É importante ler com atenção, estudar os detalhes, preparar as atividades e aplicá-las de forma que todas as crianças e jovens estejam envolvidos ativamente neste projeto (que já faz parte do programa anual de todos os Grupos Escoteiros).

E, além disso, devemos levar a informação e o resultado das atividades para as diversas mídias escrita, falada ou televisiva, mostrando o que pode e o que é feito pelo Movimento Escoteiro, para demonstrar ao público em geral que o Escotismo é Sustentável.

Vamos fazer a nossa parte?

Anúncios