Tags

,

Faziam muitos anos que não visitava Santa Maria. Em razão de um dos World Cafés – O Escotismo Que Queremos que realizamos, estive na cidade em 29 de novembro do ano passado.

Fui muito bem recebido, não apenas pelo meu anfitrião, mas por todo o 4º Distrito Escoteiro. Pude rever amigos e fazer novos. Voltei para Porto Alegre, mas Santa Maria ainda estava bastante presente.

No domingo, 27 de janeiro, fiquei chocado com as notícias que chegavam do planalto médio gaúcho e sobre o número crescente de óbitos de jovens, que frequentavam a boate Kiss.

Luto por SM

Acompanhei praticamente o dia inteiro, pelo rádio, ouvindo vários relatos que fizeram com que me emocionasse muitas e muitas vezes. Algumas das quais, refletindo sobre o sentimento de perda e de impotência dos pais. dos familiares, amigos e colegas.  Pensei em escrever várias coisas sobre o tema, mas achei que não teria nada a acrescentar, não teria como transmitir um pouco de conforto a estas pessoas.

Encerro o post de hoje com uma breve oração, por aqueles que desencarnaram e pelos que ficaram, para suportar esta carga, este fardo que lhes pesa sobre os ombros.

PRECE POR UM DIA FELIZ

Jesus amado!… Nem todos os meus dias tem sido de paz e alento!… No entanto, compreendo que, muito embora as dificuldades árduas deste tempo de agora, ainda assim a felicidade e a satisfação interior persistem em detalhes e situações que, se não vejo, me cabe procurar, como exercício eficaz ao meu fortalecimento íntimo…
Se nas grandes e pequenas metrópoles a violência e o desrespeito muitas vezes me fazem duvidar do pacífico futuro humano, ao meu derredor milhares de situações positivas se desenrolam, como a me mostrar que, mesmo no caos, Tu és e serás sempre nosso Pastor vigilante.
Aqui, vejo mãezinhas na tarefa diária e incansável de conduzir carinhosamente seus filhos aos estabelecimentos de ensino, trabalhando serenamente pelo porvir com doce e misteriosa confiança!…
Ali, vejo velhos a transitar calmamente por ruas e praças, olhando o mundo com os olhos vívidos de quem já observou muito, mas que muito ainda tem a aprender!…
São ciclos de vida, Jesus, a exalar carinho pelo passado e confiança pelo futuro… Por que devo eu, então, me alarmar se a atualidade inquieta parece buscar para si caminhos de dor e intranquilidade? Esses dias passarão, como passam também os serenos, aprimorando-nos em seu compasso, aparando arestas, burilando, engrandecendo-nos e nos aproximando, cada vez mais de Teu Amor!…
Assim sendo, Divino Amigo, me abençoa e me guarde de depreciar ou lamentar qualquer hora de meu dia fazendo-me ver todo o bem que existe ou que pode ser extraído mesmo dos momentos mais difíceis, para que meu dia seja brando, sereno e feliz, em qualquer clima ou situação!…

Assim seja!
Psicografia do Instituto André Luiz, 19.11.2002

Copyright Instituto André Luiz
www.institutoandreluiz.org
Anúncios