Tags

, , , , , , , , ,

Pergunte ao jovem!

Quem nunca leu ou ouviu esta afirmação no Movimento Escoteiro? É lógico que temos que perguntar a eles, afinal, são os nossos “clientes” e, por isso, têm sempre razão.

Utilizando esta simples ferramenta em conjunto com as demais contidas no Método Escoteiro, será possível estabelecer algumas rotinas que facilitem nosso trabalho de educador.

Ouvindo e tendo a sensibilidade para sentir as crianças e jovens teremos uma fonte inesgotável e contínua de novas ideias, capaz de fomentar e facilitar o processo criativo, as vezes tão complicado para o Escotista. E, com isso, garanto que teremos cada vez mais atividades atraentes, progressivas e variadas.

Lembre-se que criatividade é a capacidade de relacionar coisas aparentemente sem relação e, por meio disto, gerar ideias. E que inventar significa transformar conceitos, permitindo que eles saiam do plano das ideias para a realidade.

O rumo de uma Tropa será sempre dada pelos jovens e o sucesso dela será maior, se maior for a participação efetiva deles no processo de sugestão, criação e aplicação das atividades, por meio do Ciclo de Programa.

Esta é a renovação necessária para que não percamos a direção, para que consigamos mantê-los motivados e envolvidos com o Escotismo. Tenha certeza de que agindo assim, estaremos dando correto funcionamento para a Tropa e, em última análise, para o Grupo. Este é o ciclo contínuo de ideias que renova e garante a permanência dos jovens por mais tempo no Movimento Escoteiro.

jogos+222

Em sua palestra no 26º Fórum da Liberdade, realizado ontem, em Porto Alegre, o renomado empresário Jorge Gerdau Johannpeter,  disse que todas as instituições devem ter um rumo, mesmo que ele seja um sonho.

Devemos possibilitar que nossas crianças e jovens exponham, sem medo, seus sonhos, suas aspirações, para que possamos torná-los realidade, por meio da atividade escoteira.

 

Anúncios