Tags

, , , , , ,

Ei você aí…. sabia que nós somos diferentes de uma moeda, não temos dois lados. Sabia, também, que não estamos num faroeste, no qual existem bandidos e mocinhos.

moedaTenho acompanhado as discussões nas redes sociais, nos emails e, algumas vezes, até pessoalmente. Parece-me uma verdadeira falta de tempo, falta de propósito. Ainda pior é que cada qual fica, insistentemente, tentando convencer o outro de que a sua posição é a correta.

De certa forma, estamos todos acostumados a isso. Afinal de contas, a vida é regida por antônimos. O que vemos é cada um criando seu cavalo de batalha para defender o “meu” ou o “seu”. Porém, esquecemos do “nosso”.

A discussão que estamos presenciando, atualmente, não é nova, eu sei. Está apenas sendo reeditada, cerca de 20 anos depois.

E isto faz-se refletir sobre o que realmente mudou daquele tempo até os dias de hoje? Quão importante pode ser para nossa associação ou para as pessoas que a compõem se determinada pessoa usa traje, uniforme ou vestuário?

Estamos preocupados com a “casca”, quando deveríamos voltar nossas atenções para o conteúdo. Tenho uma amiga Escoteira Peruana (saludos a Bettina Chian!!) que comentou, dia destes, que a vestimenta escoteira está mais bonita. Entretanto, o mais importante é que por dentro, felizmente, permanece o mesmo espirito escoteiro de antes!

Somos todos irmãos de ideal, somos todos Escoteiros. Se o Grupo Escoteiro faz uso do uniforme A, B ou C, pouco importa. O fundamental é saber se aquele Grupo está proporcionando as crianças e jovens a educação e o Método Escoteiro com toda a qualidade que deve.

Querem saber se tenho preferência pelo roxo ou pelo amarelo?

Prefiro é que tenhamos empenho máximo no auxílio da formação do caráter de um número cada vez maior de crianças e jovens. Aplicando e proporcionando boas atividades, fazendo-os viver em comunidade, trabalhar pela comunidade, preocupando-se com um mundo melhor, para que ele comece a ser construído agora.

Enfim, tudo aquilo que nosso fundador no ensinou e que é o grande diferencial do Movimento Escoteiro.

O resto é embalagem, um invólucro qualquer.

scout uniforms

Temos um produto maravilhoso, que passa de geração em geração deixando marcas positivas, criando cidadãos responsáveis, pelo Brasil e pelo mundo.

Pensemos nisto e passemos a cobrar do nosso e dos outros Grupos Escoteiros não apenas o pacote, a aparência externa, mas a aplicação correta e cotidiana do Método Escoteiro.

Assim manteremos a coerência esperada de uma organização mundial, educacional, preocupada com o desenvolvimento do jovem, para que ele assuma seu próprio crescimento, tornando-se exemplo de fraternidade, lealdade, altruísmo, responsabilidade, respeito e disciplina. Tornando-se um verdadeiro escoteiro… além das roupas que usa.

Anúncios